Acesso à internet no Brasil ainda precisa melhorar

Nessa semana, dados coletados por uma pesquisa realizada pela The Economista Inteligence Unit em parceria com o Facebook demonstraram que o Brasil aparece na 18º posição no ranking que lista 75 países e suas condições de acesso à internet. Para o estudo, diversas fontes foram consultadas, inclusive a União Internacional de Telecomunicações.

Os índices foram estabelecidos a partir de algumas variáveis, tais como: 1) disponibilidade de sinal de internet; 2) viabilidade de custo e ambiente econômico favorável. No ranking geral, a nota do Brasil é 78 numa máxima que vai até 100. Mesmo com uma posição não muito favorável, na América Latina o Brasil e o primeiro colocado.

acesso-internet-brasil-futurecom

Além das informações supracitadas, o relatório da pesquisa também mostra que o Brasil está entre os dez países do mundo com maior número de população desconectada, cerca de 70 milhões de brasileiros não possuem acesso à internet. Os países com melhor colocação são Cingapura, Suécia, Estados Unidos, Reino Unido, Japão e Coreia do Sul. Em contrapartida, o índice em que o Brasil se sai melhor é aquele que considera o custo, onde são analisados preços de serviços e equipamentos, neste quesito, o país teve nota 92,3, também de 100.

Outro ponto bastante relevante é que a pesquisa mapeou o perfil dos usuários e percebeu que no Brasil os homens têm mais acesso à internet do que as mulheres – o que leva a discussão também para o necessário debate a respeito da igualdade de gênero.

Para ficar sempre atualizado sobre os segmentos de TI, Internet e Telecomunicações, acompanhe semanalmente o nosso blog.

Por redação Futurecom.