Como utilizar o Home Banking com segurança

Como-utilizar-o-home-banking-com-seguranca
Imagem: reprodução/ Corbis

A popularização da internet e, principalmente da tecnologia móvel incorporaram os conceitos de praticidade e instantaneidade ao cotidiano de todas as pessoas. Obviamente, as transações bancárias não poderiam ficar de fora desse universo.

O acesso ao banco e suas funções através da internet já é amplamente difundido e diariamente usado por muitos clientes. No entanto, a segurança nos ambiente virtuais ainda é um tema delicado e, por isso, medidas de segurança que protejam o home banking e, é claro, seu bolso.  Antes de citar algumas dicas de como utilizar esse serviço de maneira segura, saiba mais sobre ele:

O que é Home Banking

Home Banking é o termo que representa a realização de operações bancárias através da Internet e, normalmente, os serviços são realizados de casa – fato que dá origem ao nome.

As atividades variam de consultas de saldo, extratos, transferências e pagamentos à recarga de celular e demais operações financeiras e de dados. Por meio de uma página segura de banco, os clientes podem utilizar os serviços do banco fora do horário de atendimento normal e de qualquer lugar no qual haja acesso à Internet.

Como utilizar o serviço com segurança?

A aparente falta de segurança desse tipo de serviço online não deve impedir que o Home Banking se torne ainda mais popular, já que há diversas maneiras de se proteger de hackers e de ataques virtuais. Conheça algumas:

Invista em softwares de segurança

Pacotes anti-vírus e anti-spyware são essenciais para manter sua conexão protegida e as versões pagas ainda são as melhores alternativas de segurança virtual. No entanto, se você optar por economizar com os softwares, instale pelo menos uma versão gratuita e mantenha-a sempre atualizada.

Verifique a página acessada

Os cibercriminosos costumam reproduzir a página oficial do banco em outros locais para roubar informações pessoais e, por isso, você deve sempre verificar o endereço do site, que deve começar com “https://” em vez de “http://”. O “s” a mais indica uma conexão segura entre o site e seu navegador.

Uma boa senha pode fazer a diferença

Como-utilizar-o-home-banking-com-seguranca2
Imagem: reprodução/ Corbis

Procure cadastrar uma senha que seja uma combinação aleatória de letras (maiúsculas e minúsculas, inclusive) e números. Evite os códigos fáceis de adivinhar, como datas de aniversário, números de documentos, telefones e sequencias do tipo “senha1234”.

Além disso, não autorize seu o navegador a lembrar sua senha. Lembre-se ainda que essa dica vale para quaisquer outros sites ou serviços na web.

Não acesse sua conta de computadores e redes públicas

Computadores públicos não são estações seguras para a realização de transações bancárias e financeiras em geral. Portanto, não utilize Lan Houses e conexões gratuitas para acessar o site de seu banco, operadora de cartão de crédito ou loja virtual.

Diferentemente do seu computador pessoal, você não sabe o que há instalado no servidor. Os keyloggers, por exemplo, são programas que capturam tudo o que é digitado e enviam a informação para outro local.

A segurança na rede é um dos temas mais discutidos em todas as edições do Futurecom, o maior evento de TI, Telecom e Internet da América Latina. Os debates e palestras que compõem os dias do evento abordam tópicos relacionados a diversas áreas, como economia, transporte, governo, saúde e turismo.

Saiba mais sobre o mais qualificado encontro de profissionais da Tecnologia no site oficial do evento.

Fontes: PCWorld, Dinheiropedia, Todos Contam.