Conheça a tecnologia Blockchain e como ela pode mudar a forma de fazer transações

Com o início do ano, diversas previsões e apostas de tendências começam a surgir no mercado e nas especulações. Um delas é o Blockchain, uma tecnologia pouco usada, mas que pode mudar significativamente as transações no futuro.

O Blockchain trabalha com a segurança de transações de Bitcoins, o dinheiro virtual, que tem crescido cada vez mais pelo mundo por ser uma moeda criptografada e descentralizada, que tem seu valor medido por transações diretas e livres de intermediários.

blockchain-futurecom

Como funciona o Blockchain

Na internet, ao comprar um ativo, você precisa que diversas empresas, que obviamente estão interessadas no lucro, se envolvam para garantir que a transação seja segura e o seu dinheiro realmente chegue até a conta da empresa da qual você comprou o serviço ou produto. Com o Bitcoin é possível fazer isso sem essas empresas intermediárias, deixando o processo mais rápido, seguro e com menos custo.

Essa eficiência pode ser creditada ao Blockchain. Ela atua como um livro de registros que contabiliza as transações realizadas com moedas virtuais por todo o globo. Ele garante também que sua compra seja segura e à prova de hackers.

De forma resumida ela funciona assim: os computadores que “fabricam” os Bitcoins – chamados de mineradores – atuam interconectados em todo o planeta, “anotando” as transações realizadas nesses “livros”. Cada um deles atuando em conjunto com os outros.

A cada dez minutos, uma “página do livro” (chamada de bloco) é fechada contendo todas as informações sobre transações ocorridas nesses dez minutos – em todos os lugares do mundo. Esse bloco, ou “página”, é conectado a todos os outros feitos anteriormente. Assim, forma-se uma corrente de blocos, ou um “blockchain”, onde um só pode ser acessado se estiver devidamente ligado aos outros existentes.

Porque é mais seguro

Se um criminoso quiser acessar o sistema para usar esse dinheiro ilegalmente, ele terá que hackear todos os blocos feitos anteriormente em toda a história de transações realizadas na história ao mesmo tempo em milhões de computadores. E isso é virtualmente impossível, pois significaria quebrar a criptografia da maior rede de computadores do mundo.

Em transações normais, como as usadas hoje, basta um hacker acessar um dos intermediários – como o banco – para fraudar o processo e gerar prejuízo.

Como pode mudar a história das transações?

Com o aumento de empresas atuantes no meio virtual, soluções como essas começam a fazer muito mais sentido e atraem muita atenção. O Blockchain pode vir a fornecer toda a segurança e estabilidade necessária para o desenvolvimento da economia digital.

Empresas que oferecem soluções em código aberto no formato de blockchain já começam a surgir. Com isso, a indústria começa a se aprimorar e a tecnologia pblfcassa a se inovar organicamente com a atuação de novos entrantes. Assim, com tecnologias cada vez mais próximas e disponíveis, colocar essas possibilidades nas mãos de pequenos empreendedores, alçando-os ao mesmo patamar de grandes empresários, faz com que novas formas de empreendimento surjam e a economia virtual torne-se mais segura, com menos custos e mais democrática.

Para o consumidor, a tecnologia vai resultar em muito mais segurança para realização de transações, possibilidades muito mais abertas e uma globalização ainda maior do seu poder de compra.