Entenda os wearable devices – os dispositivos vestíveis

Wearable devices
Imagem: reprodução/ Corbis

A tecnologia móvel, representada por smartphones e tablets, tem evoluído constantemente e atua em diversas áreas da sociedade, como comunicação, segurança, saúde e transporte. A tendência, no entanto, é que os dispositivos móveis sejam incorporados ao vestuário dos usuários com a adoção dos Wearable Devices, ou dispositivos vestíveis.

A integração cada vez mais intensa entre tecnologia e o ser humano passa a desempenhar um papel essencial na evolução das comunicações. Apesar de já serem realidade, os Wearable Devices ainda despertam algumas dúvidas. Entenda-os melhor:

Os Wearable Devices

A tecnologia vestível está presente em roupas e acessórios capazes de incorporar dispositivos eletrônicos avançados. Através desse tipo de evolução tecnológica, há o desenvolvimento de diversos projetos que tenham por objetivo melhorar ou estender as funcionalidades do vestuários, como óculos e relógios inteligentes.

As aplicações virtualmente ilimitadas dos Wearable Devices correspondem a uma grande oportunidade para todos os componentes da indústria, desde fabricantes até desenvolvedores de aplicativos e prestadores de serviço.

Onde estão?

De acordo com uma projeção da Visiongain, o setor alcançou U$4,6 bilhões em 2013, principalmente através de investimentos da indústria da saúde, esporte e entretenimento.

Na indústria esportiva, a tecnologia vestível é amplamente utilizada para monitoramento durante a prática de exercícios físicos, por meio de pulseiras. É possível analisar atividades diárias, peso, sono e alimentação.

Com a popularização dos dispositivos em hospitais, por exemplo, os médicos poderão monitorar os pacientes remotamente, com braceletes que monitorem sinais vitais e dispositivos sem fio que determinem dados sobre os corações da mãe e do feto durante o parto.

Visando a oferecer a melhor experiência ao usuário, algumas marcas já disponibilizam os Smartwatches, relógios compatíveis com sistemas operacionais e desempenham funções similares às de um smartphone, como acesso à internet, reprodução de músicas via bluetooth, calendário e lista de contatos.

Os desafios

Atualmente, o maior desafio dos Wearable Devices é se estabelecer como dispositivos indispensáveis e continuar a fazer parte da vida das pessoas depois de adquiridos – ultrapassando a  fase do buzz inicial. Para que essa tecnologia seja usada o tempo todo, ela precisa passar a substituir objetos essenciais, como chaves, cartões de crédito e documentos de identidade, assim como outros handsets, como smartphones e tablets.

Além da disputa com outros tipos de dispositivos móveis, há a questão da segurança em caso de Wearables de rastreamento e do consumo de energia. O problema da energia tende a existir já que alguns dispositivos vestíveis necessitam de carregadores específicos e, apesar do avanço no desenvolvimento de baterias mais duráveis, os sistemas ficaram ligados por muito tempo e o consumo de energia será intenso.

O Futurecom é uma plataforma de Inovação, Tecnologia e Oportunidades de Negócios, tornando-se um ambiente ideal para o desenvolvimento de novos modelos de Negócios e criação de Soluções. Ele é o maior evento de Tecnologia da América Latina e traz discussões altamente relevantes para o setor, como mobilidade, Internet, Telecom, Customer Experience, Internet das Coisas e M2M.

Confira o site oficial do Futurecom e fique por dentro das novidades e tendências do setor!

Fontes: Information Week, Visiongain, Mobile Time.

Uma Resposta para “Entenda os wearable devices – os dispositivos vestíveis”

  1. Wearable devices: penetração garantida no mercado

    […] dispositivos “vestíveis”, como são conhecidos os wearable devices, já foram assunto de um texto por aqui e representam essa nova onda […]

    Responder