Entrevista com Eduardo Navarro, Presidente da Telefônica VIVO

Telefônica aposta em fibra óptica no Brasil

Eduardo Navarro, presidente da companhia, afirma que o foco da Vivo são banda larga e serviços


Com mais de 97 milhões de clientes no Brasil, a Vivo aposta na expansão da rede óptica para crescer no mercado nacional.

Eduardo Navarro, presidente da Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, falou ao Futurecom All Year sobre a estratégia de banda larga no País.

Segundo o executivo, a procura pelo serviço cresce entre 50% e 60% ao ano no Brasil.

A Vivo pretende oferecer o serviço em mais 20 cidades do Brasil e aumentar em 50% o ritmo de instalação de fibra nas cidades que o produto já está disponível.

“Nós temos uma experiência muito grande na Espanha, que num período de crise se tornou o terceiro país do mundo mais conectado com fibra, atrás apenas da Coreia do Sul e do Japão. É esse modelo que queremos trazer para o Brasil”, diz Navarro.

Serviços

A mudança na estratégia também abriu novos mercados para a empresa. Segundo o executivo, o grupo Telefônica faturou € 5 bilhões com serviços como música, vídeo, educação, segurança e nuvem que oferece como complemento a conectividade.

“Nós tivemos a sorte de sermos capazes de substituir um produto que era a nossa razão de ser nos últimos 100 anos, que era a voz, por um produto que também tem um futuro tremendo e um uso cada vez maior, que é a banda larga”, completa o executivo da Telefônica no Brasil.

Eduardo Navarro comenta ainda as mudanças na experiência de uso do 4G com a frequência dos canais de televisão analógicos desligados e então disponíveis para a telefonia móvel.

O executivo também analisa o processo de reformulação da Lei Geral de Telecomunicações (LGT).

Assista à reportagem em vídeo feita com Eduardo Navarro, presidente da Telefônica Brasil.

Por Renato Cruz e Mariana Lima