Crise? Menos no setor de T.I

Recentemente, dados divulgados pela Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), apresentaram um panorama animador para o contexto econômico do mercado de T.I nacional.

Imagem: reprodução/ ShutterStock
Imagem: reprodução/ ShutterStock

Diferentemente da situação do país, que passa atualmente por uma recessão, o mercado de T.I tem uma previsão de crescimento estimada em 2,6% ainda para este ano. Além disso, o segmento cresce rápido e, em 2020, calcula-se que faltarão no mercado cerca 408 mil profissionais de T.I para atender a demanda.

O desenvolvimento do conceito IoT também tem servido como um ponto a favor do setor no Brasil. De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (BrassCom), Sérgio Paulo Galindo, a previsão é que em  2025 tenhamos 500 bilhões de sensores conectados à internet.

A sala de aula reage

Em resposta a esta onda, cada vez mais as faculdades e universidades estão apostando em cursos de T.I, inclusive porque existe já uma demanda de alunos que desejam migrar para esta área.

Quer conversar mais sobre o cenário econômico de T.I no Brasil e no mundo? Inscreva-se no Futurecom 2016, com certeza as palestras, painéis e debates presentes no evento são enriquecedores neste sentido.

Fonte: Estadão, Folha de São Paulo