Mercado de celulares aquece e Brasil já tem mais smartphones que PCs

Pesquisa realizada pela FGV mostra que o número de smartphones no Brasil já é maior que o número de computadores, e que, em comparação a média mundial, Brasil tem uma alta taxa de computadores por habitantes.

Foto: Reprodução/Corbis
Foto: Reprodução/Corbis

Pela primeira vez em 30 anos, a venda de PCs no Brasil caiu. Pesquisa realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) mostra que em 2014 foram comercializados 20,4 milhões de computadores (incluindo tablets) no Brasil, uma redução de 10%, em comparação a 2013.

Em contrapartida a queda na venda de PC`s, a venda de smartphones aumentou vertiginosamente. Segundo a FGV, hoje, o Brasil conta com 306 milhões de dispositivos conectados à internet, desses, 154 milhões são smartphones, 2 milhões a mais que o número de computadores. Esse número representa a existência de 3 dispositivos conectados para cada 2 habitantes.

A projeção da FGV para 2015 é mais animadora para os vendedores de PC`s, o estudo prevê que as vendas de tablets irão alavancar e eles serão responsáveis por 50% das vendas de PC`s no Brasil, fazendo com que o mercado cresça em 8%, chegando a 22 milhões de unidades vendidas. Hoje o Brasil possuí uma média de 75% de telefones e computadores por habitante, essa taxa é bem acima da média mundial, 56%. Em 2017 esse número deverá chegar a 100%, se aproximando da média norte-americana, de 134%.

A pesquisa da FGV também mostra o percentual de investimento dos diferentes segmentos em TI. No Brasil, os bancos investem 13,8% das receitas em TI, e lideram o ranking, seguido pelos serviços, com 10,8% e pelas indústrias, com 4,6%.

O Futurecom é o maior evento de TI e comunicação da América Latina. Acesse nosso site e veja tudo o que aconteceu em edições anteriores, como participar da próxima e também fique por dentro de todas as novidades do mercado de TI pelo mundo.

Fonte: Folha de S. Paulo, Convergência Digital