Exemplos brasileiros mostram como a Internet das Coisas pode melhorar a qualidade de vida nas cidades

Quem acompanha nosso blog sabe que a Internet das Coisas (IoT) está em plena expansão no Brasil. A expectativa é que, nos próximos anos, existirão bilhões de dispositivos conectados apenas na América Latina. Fortalecendo esse ritmo, exemplos que apontam para uma melhora na qualidade de vida começam a surgir no cotidiano das cidades brasileiras.

A IoT tem como base a conectividade entre dispositivos diversos para encurtar distâncias, juntar objetivos e otimizar as atividades de todos os atingidos por ela. Nos exemplos brasileiros que mostraremos aqui, essa tecnologia tem sido utilizada para garantir maior segurança e rapidez no deslocamento das pessoas no dia a dia.

internet das coisas - futurecom
Exemplo de semáforo com “travessia prolongada” em Curitiba. Foto: Gazeta do Povo.

Segurança na rua

O primeiro caso que podemos citar é em Curitiba, Paraná. Na cidade, sensores foram instalados em 39 cruzamentos viários para ajudar idosos e pessoas com deficiência. Eles funcionam através do reconhecimento do cartão transporte que pessoas com essas características carregam consigo para ter isenção no transporte público local. Na capital paranaense, cerca de 160 mil usufruem do cartão de isenção.

Através de uma pesquisa com os cidadãos, a Secretária de Trânsito da cidade descobriu que pessoas com dificuldades motoras – como aqueles com mais de 60 anos – levam até 30% a mais do tempo para atravessar de um lado para outro na rua.
O resultado foi a implementação de 150 sensores de reconhecimento do cartão de isenção destinado a essas pessoas. O dispositivo foi criado pela empresa Dataprom, que firmou parceria com a prefeitura para a implementação.

Para usuários de transporte

Trazendo outro exemplo, agora falaremos do Vii Bus, um sistema que auxilia pessoas com deficiência visual no transporte público. Com a ajuda de sensores, dispositivos de áudio e comunicação em braile, as pessoas não precisam depender de outras para saber quais linhas de ônibus passam em determinado ponto, que horas eles chegam e se eles estão chegando.

Através de um painel com inscrições em braile instalado no ponto de ônibus, o passageiro poderá conferir as linhas que passam pelo local. Depois de selecionada, o dispositivo avisa com um alerta sonoro se o ônibus está para chegar. O motorista também é avisado em seu carro.

Quem desenvolveu o Vii Bus foi a Vii Solutions. A empresa já está negociando a implementação do dispositivo junto à prefeitura da cidade paulista Itatiba.

Essas são apenas algumas das possibilidades trazidas pela Internet das Coisas. O esperado é, nos próximos anos, diversas soluções como essas sejam apresentadas para melhorar a qualidade de vida nas cidades brasileiras.

Quer ficar por dentro de mais notícias sobre o mundo digital? Continue acompanhando o blog do Futurecom, o maior e mais qualificado evento de TI, Internet e Telecom da América Latina. Fique ligado!

Por redação Futurecom, com informações de Folha.