Internet das Coisas impulsiona o mercado de Software e Serviços no Brasil

Como já mostramos aqui no blog, a digitalização da indústria já é um fato. O recente estudo “Mercado Brasileiro de Software – Panoramas e Tendências”, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), indica que no Brasil as coisas também apontam para esse sentido. A pesquisa constatou que, de acordo com os recentes investimentos realizados no setor no cenário nacional, o Brasil tornou-se o 9º país que mais investe em programas de software no mundo.

Em 2016, cerca de US$19 bilhões foram movimentados, um crescimento de 2% em comparação ao ano anterior. Dentro desse cenário de sucesso, a Internet das Coisas (IoT, na siga em inglês) foi responsável por uma grande parcela de investimentos em diferentes setores. Softwares preparados de acordo com as possibilidades da IoT representaram um total de US$6 bilhões em investimentos, uma expansão de 27,8% de acordo com dados anteriores.

Investimentos em softwares e IoT. Foto: reprodução / Information Age

De acordo com a pesquisa, duas aplicações de IoT mereceram destaque entre os investimentos totais que envolveram a tecnologia. Os casos de Monitoramento de Frota envolveram um total de US$856 milhões. Já aqueles de Smart Grid totalizaram investimentos de US$631 milhões.

A expectativa, na verdade, é que os investimentos cresçam ainda mais e englobem mais setores, pois, como já falamos anteriormente aqui no blog, a implementação de uma rede exclusiva para IoT deve estimular principalmente a criação de softwares exclusivos para a tecnologia. Nas palavras de Jorge Sukarie, presidente da ABES: “IoT está intrinsecamente conectada com a reinvenção dos negócios como conhecemos hoje. Esse é um tema tão relevante que há discussões no governo para identificar áreas em que o Brasil pode se destacar dentro de IoT e, com isso, poder estabelecer formas de apoio à pesquisa, desenvolvimento e inovação.”

Quem liderou os investimentos em Software em 2016 (período que o estudo analisou) foi o setor de Serviços e Telecomunicações: foram US$2,5 bilhões, o que torna esse setor responsável por 26,6% das movimentações do mercado. Em segundo lugar estão os investimentos feito pelas Finanças, com participação de 24,5%. Em terceiro lugar está o setor da Indústria, com investimentos de US$2 bilhões, totalizando 20% do total.

Sobre o estudo

A pesquisa Mercado Brasileiro de Software Panoramas e Tendências é um estudo anual. A versão de 2016 partiu de uma parceria da ABES e da IDC (International Data Corporation), agência global de marketing e inteligência. Segundo os resultados levantados, o mercado mundial de Softwares e Serviços atingiu, em 2016, investimentos no valor de US$1.096 bilhões.

Para continuar por dentro das principais notícias dos setores de Internet, Telecom e IT, continue acompanhando o blog do Futurecom, o maior e mais qualificado evento desses segmentos na América Latina!

Por redação Futurecom, com informações de Convergência Digital.