IoT trará faturamento trilionário para operadoras até 2026

O futuro parece promissor para as operadoras que estarão no centro das conexões da Internet das Coisas (IoT, na sigla em ingês). A Machina Research, a pedido da associação mundial das operadoras móveis GSMA, estima que o faturamento das companhias atingirá a marca de incríveis 1,8 trilhão de dólares até 2025.

As operadoras têm ao que agradecer por esse número gigantesco se aproximando de seus caixas. O modelo LPWA, que será utilizado pelos dispositivos de IoT e é apoiado pela GSMA, estabelece o uso das redes móveis para conectar os aparelhos com sensores de baterias de longa duração – os mesmos utilizados pela IoT.

IoT trará faturamento trilionário

 

Por enquanto, apenas 12 operadoras no mundo todo investem no modelo LPWA, chegando a comercializar até 15 serviços de IoT móvel. Nenhuma delas opera no Brasil, no entanto, as expectativas para a região são fortes, já que, como mostramos aqui, é esperado que a América Latina conecte mais de dois bilhões de dispositivos até 2025.

O CTO da GSMA, Alex Sinclair, comenta que essa utilização das redes móveis já é vista como uma grande oportunidade: “Já há muitas operadoras colhendo os benefícios de investir nisso, e nós encorajamos outras a agir o quanto antes para capitalizar essa oportunidade”. Vale lembrar que no Brasil já existem empresas do setor de softwares que se movimentam para colher os futuros frutos do desenvolvimento da Internet das Coisas no país.

A movimentação dos recursos e conexões de IoT até 2026 deverão vir de demandas específicas. Em primeiro lugar, soluções para casas conectadas lidera com folga as projeções: aguarda-se faturamento superior a US$440 bilhões. Em segundo, o setor de eletrônicos aparece com um faturamento esperado de cerca de US$376 bilhões, acompanhado pelos carros conectados, com US$273 bilhões aguardados. A expectativa de um desenvolvimento forte de smart cities, porém, esfriou: as projeções para esse setor atingem a marca de apenas US$76 bilhões.

Continuaremos acompanhando de perto todos os desenvolvimentos da Internet das Coisas, conceito extremamente relevante para o futuro. Nos últimos dias, a IoT foi fortemente discutida nos painéis do Futurecom, o maior e mais qualificado evento de TI, Telecom e Internet das América Latina. Quer saber o que os especialistas do assunto discutiram? Fique de olho em nosso blog!

Por redação Futurecom.